Dicas

CORREIAS E FILTROS

Vamos agora dar alguns conselhos sobre alguns itens muito importantes também para a vida útil de
seu motor…

Troca do filtro de ar :

Ele serve para evitar que partículas estranhas entrem nos cilindros junto com o ar. Em geral, os
filtros são de papel tratado quimicamente. É como se eles fossem os responsáveis pela
“respiração” do motor, por isso é necessário trocá-los a cada 10 000 km ou de acordo com o
prazo estabelecido no manual do proprietário.

Troca do filtro de combustível :

Na alimentação por injeção utilizam-se filtros de combustível de papel, em geral colocados em
linha ao longo da tubulação de passagem do combustível. No caso de motores a diesel
empregam-se sempre um ou mais filtros alojados em recipientes que funcionam como
decantadores. Trocar os filtros de combustível é necessário para manter o sistema de alimentação
do motor limpo, evitando, por exemplo, o entupimento de bicos injetores e, conseqüentemente,
falhas no funcionamento do carro. A troca deve ser realizada a cada 30 000 km ou de acordo
com o manual do proprietário.

Correia dentada :

Deve ser verificada a cada 20 000 km se está bem esticada e se não apresenta rachaduras. A troca
deve ser realizada a cada 50 000 km.

Top

BATERIAS

As baterias mais antigas precisam ter seu nível verificado e completado semanalmente com água
destilada, mas hoje em dia, com as baterias seladas, quase não há preocupação, pois elas não
precisam de qualquer tipo de manutenção.

Alguns cuidados podem aumentar a vida útil de sua bateria :

– Evite deixar faróis ou outros equipamentos elétricos ligados enquanto o veículo não estiver em
funcionamento.
– Dê partidas por no máximo 5 segundos, e se o carro não pegar aguarde 30 segundos para uma
próxima tentativa.
– Se a bateria descarregar, procure um auto-elétrico e carregue-a utilizando um aparelho de carga
lenta, pois se for de carga rápida pode-se danificar a bateria.

Top

ADITIVOS

Polêmicos, os aditivos são vistos como uma de manutenção preventiva ou uma simples despesa
para ser evitada, mas na realidade eles são bastante úteis. Os mais conhecidos são os aditivos que
trabalham junto com os lubrificantes do motor, cuja função é diminuir atritos internos. Existem
dois tipos de uso para esses aditivos, alguns são para motores novos, numa forma de prolongar a
vida útil do motor e os outros são para motores cansados, que pretendem agir sobre as folgas
internas do motor, isto é folgas de bronzinas e anéis, diminuindo a queima de óleo. Existem
também uma ação detergente para evitar a formação de borras no cárter e eliminar a
carbonização interna do motor, isto é comum aos dois tipos de aditivos.

Aditivos para combustível :

Por sua vez, tem basicamente a função detergente e de limpeza para evitar a manutenção dos
sistemas de alimentação. Sua eficácia é limpar dutos de combustível e bicos injetores, alem de
promover uma leve ação anti-ferrugem através da lubrificação dos injetores ou carburadores.

Aditivo para cambio e transmissão :

Podem mostrar rapidamente sua eficiência, são indicados tanto para cambio como para
transmissão, aderindo bem a superfície de contato das engrenagens, eixos e rolamentos, você irá
notar a diferença ao rodar com o seu carro.

Aditivos para radiadores :

Mais conhecido como etileno-glicol, o aditivo obrigatório para radiadores, tem como função
elevar o ponto de fervura da água (para cima de 100º C) e também evitar formação de ferrugem
interna no radiador, bloco do motor e demais componentes do sistema de refrigeração. A baixa
qualidade do aditivo ou a falta do mesmo pode significar um motor fervendo e uma tampa do
radiador voando.

Top
Page 1 of 1

Ligue agora mesmo! 21 2453-0058

Celular: 21 99591-3200